Chupeta, usar ou não? Entenda os prós e contras

No final de um dia estressante e atribulado o bebê, seu filho, desata a chorar, mesmo estando limpo e alimentado. Dar-lhe uma chupeta é sem dúvida a solução mais rápida, imediata. Dá para entender o porquê da tradução de “chupeta” para o inglês ser “pacifier”, que ao pé da letra é “pacificadora”. Por mais que a paz instantânea potencialmente proporcionada por ela seja tentadora, é melhor pensar duas vezes. Há prós e contras, e nós os listamos aqui neste texto para embasar sua decisão.

O ato de sucção é relaxante para o bebê​

Pela experiência, todo mundo sabe disso, mas, saiba agora os motivos: a sucção é uma necessidade fisiológica nesse estágio da vida. Até mesmo antes de nascer, inclusive. Algumas vezes as ultrassonografias mostram os futuros rebentos chupando algum dedinho.

Para os bebês, a sucção é um fator que promove a liberação de endorfina. Por isso, este objeto provoca neles uma visível sensação de bem-estar. No entanto, existem outras formas de acalmar o pequeno, como pegá-lo no colo ou cantar para ele.

A chupeta seria responsável por diminuir os casos de morte súbita

Há que diga que o uso de chupetas diminui a ocorrência de morte súbita infantil. Porém, não há consenso sobre isso. O Ministério da Saúde do Brasil e a OMS (Organização Mundial da Saúde), por exemplo, não têm certeza se essa prática é eficaz.

Com todas essas informações é indispensável a orientação de profissionais da saúde como pediatras, dentistas, fonoaudiólogos e psicólogos, fica mais fácil para os casais decidirem como e se usarão a chupeta com seus bebês.

A chupeta pode causar infecções

Bebês são muito vulneráveis. Por isso, é indispensável que qualquer coisa que eles ponham na boca esteja totalmente limpa. Por mais que se tome cuidado com a esterilização da chupeta, é necessário sempre ter uma reserva limpinha dentro da bolsa, pois às vezes algum microrganismo acaba escapando. Isso pode causar diarreia, vômito, febre, cólicas, entre outros sintomas no pequeno. Otites, que fazem o ouvido da criança doer, também pode estar ligadas ao uso da chupeta.

A chupeta pode causar problemas na dentição e na fala

O uso da chupeta chega a dobrar as chances do bebê ter a oclusão dentáriaprejudicada. Esse prejuízo pode deformar a arcada dentária e causar problemas na mastigação. Além disso, pode atrapalhar a fala da criança. Nestes casos para minimizar os danos à dentição é recomendado usar a chupeta ortodôntica.

O uso da chupeta está associado a uma menor duração do aleitamento materno

Esse é um dos principais motivos da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) contraindicarem o uso de bicos e chupetas desde o nascimento dos bebês. O Ministério da Saúde do Brasil também compartilha dessa recomendação. Um bom aleitamento é fundamental para a saúde do filho e também para a mãe.

Trocar experiências também é fundamental. Você dá chupeta para seu filho pequeno? Desde quando? Com que frequência? Conte para a gente — e para outros pais e mães que lerão esse texto — nos comentários!

Web Kids

Ambiente ideal para comprar, vender e doar, móveis, brinquedos e artigos, novos e seminovos, para bebês e crianças.

Posts Relacionados

thumbnail
hover

O que fazer com itens de...

Não precisa ser papai ou mamãe de filhos pequenos para saber que eles crescem rapidamente. Com isso, muitos itens de bebê, como brinqued...

thumbnail
hover

Como fazer crianças conhecerem e gostarem...

O contato das crianças com a música gera inúmeros benefícios. Ela é um incentivo para que os pequenos se interessem pelo universo cu...

thumbnail
hover

Veja 5 brinquedos artesanais para as...

Você é mãe, trabalha e adora estar em casa com a família. Cuida da educação dos filhos e está sempre com eles. O momento de brincar ...

Deixe-nos um comentário