Como organizar as roupinhas do seu bebê

Praticidade é a palavra-chave para organizar as roupinhas do bebê. Na maior parte dos quartos, a cômoda é o principal móvel, já que o tampo pode virar trocador. Ter tudo à mão no dia a dia é extremamente importante para garantir rapidez e conforto.

E não é só para o momento em que o pequeno chega em casa. Quanto mais ele vai sendo incorporado ao ritmo dos pais, a organização passa a ser protagonista. Por isso, vamos explicar o que fazer depois de comprar o enxoval e como manter tudo arrumado facilmente.

Começando pela cômoda

Lavar e passar todas as roupinhas compradas ou presenteadas é o primeiro passo. Você garante a limpeza dos itens e evita contaminação logo de cara.

Em seguida, vá separando em grandes grupos de acordo com o tamanho, ou seja, do “recém-nascido” ao “G”. Quando começar a arrumação, separe uma gaveta para cada idade separada anteriormente e não esqueça de identificar cada uma com seu adesivo correspondente. Só depois disso, corte todas as etiquetas das roupinhas, para evitar alergias ou incômodos à pele do bebê. Se achar necessário, marque-as com caneta para tecido.

Cada peça tem um jeito de ser dobrada. Por exemplo: bodies ficam com os botões para dentro; macacões com as pernas e os braços para dentro. É essencial que você consiga identificar cada uma das pilhas (“de mangas”, “sem mangas”, “curtas”, compridas”) e que deixe tudo sempre com a mesma medida, para evitar entortar ou amassar as roupinhas.

Fraldas de pano, cueiros, babadores e os demais acessórios indispensáveis na hora de trocar o bebê devem ser fáceis de acessar. Logo, o ideal é separar a primeira gaveta da cômoda para eles. Também é importante deixar um espaço para meias, sapatinhos, luvas e toucas.

Por fim, a última gaveta fica reservada para toalhas de banho, mantas e kits de berço. Mas evite de deixá-los em sacos plásticos, pois podem mofar.

Organizando o guarda-roupas

É no guarda-roupas que você deixará os produtos de reposição em estoque, como fraldas descartáveis, pomadas e fitas. Mas também é lá que ficarão as roupinhas maiores, que não serão utilizadas num primeiro momento. Elas devem ser substituídas na cômoda conforme o crescimento do neném.

Assim, para que você não se atrapalhe, marque todos os cabides com etiquetas que mostrem o tamanho. Isso ajuda na reposição, pois não será necessário passar novamente pela fase de separar.

Deixe uma bolsa sempre preparada para sair a qualquer momento. Ela pode ficar dentro do armário para o caso de emergências e imprevistos, em que não há tempo de selecionar os itens que serão levados. Por isso, ela deve contemplar qualquer tipo de clima. Se não usar por muito tempo, vá colocando as roupinhas para uso e trocando por outras, para ter sempre um exemplar limpo e fresquinho.

Separe doações

Uma das práticas que mais é deixada de lado é a doação. Não acumule roupas que seu pequeno não vai mais utilizar! Vá liberando o espaço do armário trocando por tamanhos novos e, o que não couber, deve ser passado para frente. Além de você manter a organização inicial, outras pessoas poderão aproveitar aquela peça que foi usada poucas vezes. Desapegue!

No entanto, se você ainda quiser ter outros filhos, vale a pena guardar o básico, especialmente o que não tem gênero definido. Uma boa dica é apostar em sacos a vácuo, que reduzem o espaço ocupado.

Pronto! Com essas dicas simples, você economiza em tempo e garante a praticidade e a facilidade na hora de organizar as roupinhas do bebê. Curtiu estas dicas? Então compartilhe o post em suas redes sociais!

Web Kids

Ambiente ideal para comprar, vender e doar, móveis, brinquedos e artigos, novos e seminovos, para bebês e crianças.

Posts Relacionados

thumbnail
hover

O que fazer com itens de...

Não precisa ser papai ou mamãe de filhos pequenos para saber que eles crescem rapidamente. Com isso, muitos itens de bebê, como brinqued...

thumbnail
hover

Como fazer crianças conhecerem e gostarem...

O contato das crianças com a música gera inúmeros benefícios. Ela é um incentivo para que os pequenos se interessem pelo universo cu...

thumbnail
hover

5 dicas para fazer a mala...

Viajar com as crianças tem tudo para ser uma delícia, mas se você não levar itens certos e suficientes para os dias que vão passar fora...

Deixe-nos um comentário